30.11.09

O trombeta da ditadura


"Insanidade no horário do almoço"


Verdadeiramente repugnante a fala de Luiz Carlos Prates no Jornal do Almoço de Hoje. A RBS deveria ter vergonha de manter um canal para a canalhice político-jornalística como o que vem sendo exercido por esse "jornalista" que defende abertamente a ditadura militar e os seus métodos de atuação. Sinto vergonha por todos os catarinenses e florianopolitanos que são obrigados a ouvir tamanha insanidade no horário do almoço! Viva a democracia! Viva o direito do povo a uma imprensa livre! Abaixo o direito de empresa no jornalismo! Abaixo a Rede Globo, histórica colaboracionista do regime militar no Brasil.

Matheus Felipe de Castro, advogado, professor de direito constitucional da UFSC.

*

Confira

Prates: o Brasil nunca cresceu
tanto quanto na Ditadura Militar






16 comentários:

Reinaldo disse...

Vale a pena discutir com esse cara? Não, não vale. Quem precisa ser chamado à responsabilidade é grupo de comunicação onde este sujeito trabalha e defeca seus coliformes todos os dias nos ouvidos de uma população que quase não tem o que escolher na mídia corporativa daqui (e dali...). O Monopólio exige maiores responsabilidades. Quem exerce mecanismos empresariais duvidosos para destruir concorrentes e dominar totalmente o mercado onde atua, tem que sofrer algum tipo de retaliação por parte da sociedade. Depois de 30 anos, é isso o que a RBS nos oferece: um gaúcho desqualificado que, por falta de emprego em suas terras (não passaria na portaria da Avenida Ipiranga), vem nos ridicularizar diariamente. Um sub-Rush Lambaugh que acha estar inventando moda neo-conservadora por aqui, justo quando nos Estados Unidos os canalhas que o inspiram (Fox News e radialistas conservadores) estão perdendo espaço. A RBS e seu "jornalismo" de "qualidade" tem como estrela maior um ex-correspondente da Voz da América (de Washington para a América Latina...), onde trabalhou jutamente durante a ditadura. Foi lá que ele aprendeu a arte da genuflexão e do lamber botas de patrões e generais. É triste.

Tony disse...

É um ignorante, não sabe a diferença entre liberdade e segurança.

Falar dessa maneira de uma ditadura que sumiu com centenas de pessoas é comparável ao presidente do Irã dizer que o holocausto não existiu.

Sugiro que seja pedida uma retratação pública.

Anônimo disse...

Sem cunho politico ou defensor de alguém , existe uma verdade que o Prtates falou , em nenhum governo o Brasil teve tamanho crescimento economico, e foi tão grande que as bandalheiras que vieram depois ainda não tinham conseguido detonar tudo, estão conseguindo agora

Anônimo disse...

Voces estão sempre reclamando disso ou daquilo, parem de ser limitados em suas idéias e nao absorvam a ditadura como TODA ruim. Pessoas sumiam é verdade. Hoje, com a "maravilhosa" democracia mal podemos sair nas ruas, porque afinal até o bandido tem o direito de ser bandido, que falsa liberdade vivemos. Em SP morre mais gente que nas guerras do oriente médio.
Não se trata de defender os abusos da ditadura, mas a segurança daquela época não se pode comparar com a da nossa época, isso não é teoria, é fato.

Eduardo Zanatta de Carvalho disse...

Lamentável. Nada justifica a defesa feita por este senhor, o pior, é ele se manifestar dessa forma em um canal de tv sem realmente debater de forma séria o tal "crescimento econômico". Os governos posteriores tiveram que arcar com os custos das dívidas advindos do tal crescimento. Números expressivos não significam um crescimento sólido.
É preciso mais responsabilidade antes de falar besteria...

Anônimo disse...

Primeiro fato é quem quanto a didatura ter sido o omento de maior progresso do Brasil, o próprio Lula já defedeu que sim. Que a didatura tinha banddidos no poder tanto tanto temos hoje eleitos, é fato e o petismo não é o único que contribuiu para isso, mas apenas o mais.

Anônimo disse...

É realmente incrível como uma emissora de TV como esta permite que um jornalista(??) tão despreparado represente a opinião deles em um assunto tão históricamente definido em nosso estado e que orgulha o povo catarinense de ter sido protagonista do mesmo.
Vale a pena ver o blog do Amorin, para ver as mais de 100 opiniões sobre este assunto: http://bit.ly/830z6N

Alisson Mota

claudete disse...

O cara é um perfeito idiota, ele só faz comparação com ele mesmo e o resto do povo não conta.Pelo menos as sandices deste cara mostram que a gente sempre tem que estar alerta e nunca esquecer o que aconteceu

Anônimo disse...

Caro conterrâneo, escritor, jornalista, historiador, fotógrafo e blogueiro Celso, bom dia!
Pessoa bem próxima a mim estudava na UFRGS/POÁ e não era bem essa (da qual proseia Prates), a vida dos jovens na capital gaucha no tempo da ditadura. Lógico, é inegável que no Brasil se fizeram grandes obras, de saneamento básico, inclusive. Mas por exemplo: a que preço a China hoje vai a galope na sua economia? Quanto à novembrada, ora, tenhamos olhos de ver: novembradas e outubradas são sinais de que na procissão há muitas vacas profanas, felizmente, a pôr seu cornos acima da manada, conforme diria Caetano. Voltando ao comentarista Luiz Carlos, que contumazmente distrai-se a gauderiar, nos remete à filósofa Cássia Eller: “todo ser humano tem seu lado bocó” eheheheh! E até porque, é a ilha de SC uma ótima vitrine, onde cada um tenta vender seu peixe, e o psicólogo falante, peleia pra manter-se no mercado. A bem da verdade o Castro (poeta condoreiro) versejou que a praça é do povo no que concordo. Todos são filhinhos do menino Jesus, mesmo os chatos, os pérfidos, os ingênuos, os trêbados etc, etc. Well... (ehehehe eu tambem adoro brincar com esta expressão) dentre as incontáveis espécies, que para nosso deguste abundam, entre sardas, cardozos, prateados, e os peixes grandes predadores tipo RBS, o que me orgulha são Martins - pescadores que habitam sambaquis, mas nasceram em lagunas, como esta, a cá. Abraços gerais, já pré-natalinos. Parabéns por este foro excelente que você nos propicia. Ma. de Fatima Barreto Michels.

Léo disse...

Esse xcroto é uma piada...Na verdade todo o palco da RBS TV é um grande show de palhaços e aberrações...os palhaços e aberrações que me perdoem.

Amilton Alexandre disse...

O canalha do Prates mereceu o devido espaço no Blog Tijoladas.

http://tijoladasdomosquito.com.br/hoje-vou-escrever-um-pouquinho-sobre-o-canalha-o-fascista-o-nazista-o-lambe-botas-da-ditadura-militar-o-informante-da-policia-politica-dos-orgaos-de-repressao-da-policia-politica-da-ditadura-mili/

José disse...

estou assistindo ao doc. 2ª guerra e o "verme", se encaixa num perfil psicopatoparanoico, com o do füller. a rbs conseguiu o que queria mobilizar nossa opiniao, vá para o inferno seu ex seminarista de uma figa, seu estepo!

Anônimo disse...

O Prates só esqueceu do endividamento deixado pelo Generais. Daqui a pouco ele chama a "Marcha da Família com Deus pela Liberdade". Pra quem não sabe o que foi esta manifestação, veja o link: http://pt.wikipedia.org/wiki/Marcha_da_Fam%C3%ADlia_com_Deus_pela_Liberdade

jc disse...

Total apoio ao Prates!!!

Fabricio disse...

O Prates está certo. Ele não disse: "Tem que voltar um Governo que mata todo mundo". Ele falou da parte boa que existia e isso é indiscutível.

O próprio movimento nazista tinha aspectos interessantes. Embora toda matança e violência seja condenável.

Para ter um blog e escrever, o mínimo que se espera é que saiba "interpretar" o que o outro fala.

Anônimo disse...

Agora que descobri que botaram prá rua o Prates. Bem feito. Quiz imitar o José Antonio Dauth aqui em SC. e se deu mau. Perdeu o emprego. Não quiz comentar as safadezas do filho do patrão. Falou dos pobres que compram carro em 60 meses, dos velhinhos que vão tomar agua mineral e ler jornal de graça em shoping, falou dos que vão prá fila comprar gasolina mais barata. E aí está, do alto de sua estatura moral e física caiu de fuça no chão. Bem feito.
Eu, Marcondes